segunda-feira, 10 de setembro de 2018

Cinzas da História



Com muito fogo, mas sem Luz...ia.
Ia a história e a memória, que ironia!
Ela não era uma Fênix. E das cinzas,
somente cinzas ficarão.

Com muita madeira, cupins já se fartaram.
E agora, ossadas de baleias,
de múmias duas vezes foram sepultadas.

Com muita pedra, foi construída.
Foi lar do imperador, de muito resplendor.
Foi a Quinta da Boa Vista, foi apatia.

Com muita água, o fogo findou.
E agora, para onde irá Luzia?
Para onde caminha nossa democracia?
Hipocrisia dizer que algo restou.

Isaac Furtado

02 de setembro de 2018.